Real Madrid 5 x 3 Santos

Data: 17/06/1959, quarta-feira, 19h45.
Competição: Amistoso
Local: Estádio Santiago Bernabeu, em Madrid, Espanha.
Público: 70.000 pessoas
Árbitro: Leo Horn (HOL).
Gols: Pelé (09-1), Mateus (15-1), Mateus (17-1) e Mateus (37-1); Pepe (11-2, de pênalti), Puskás (16-2), Coutinho (19-2) e Gento (38-2).

REAL MADRID (ESP)
Berasaluce; Marquitos (Atienza) e Casado; Santisteban, Santamaría e Ruiz; Francisco Gento, Mateus (Puskás), Di Stéfano, Luis del Sol e Gaínza (Julio Gento).
Técnico: Luis Carniglia

SANTOS
Carlos; Getúlio, Pavão e Dalmo; Ramiro e Zito; Dorval, Álvaro (Afonsinho), Pagão (Coutinho, 20-1), Pelé e Pepe.
Técnico: Lula



Capitulou o Santos ante o Real Madrid

O Santos era o atual campeão paulista. O Real Madrid havia conquistado dias antes a sua 4ª Taça dos Campeões Europeus (Champions League). Pelé aos 18 anos e Di Stefano aos 32. Coutinho acabara de completar 16 anos.

Um torcedor atirou uma garrafa que acertou a cabeça de Pepe, que caiu desfalecido. O autor da agressão foi preso.

A partida foi dedicada em homenagem a Miguel Muñoz, que estava encerrando sua carreira.

Real Madri continua invicto em seu campo diante de equipes brasileiras

Reforços para o Santos: Formiga e Jair viajam amanhã para Lisboa

Real Madrid confirma: Pelé interessa mesmo

Em 1959, Di Stéfano (32) e Pelé (18)

No amistoso em 1959, Di Stéfano (32) e Pelé (18)





Fontes:
Estadão
Jornal Folha de SP
– As.com