Santos 2 x 0 São Bento

Data: 08/05/2021, domingo, 16h00.
Competição: Campeonato Paulista – Grupo D – 12ª rodada (última)
Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos, SP.
Público: portões fechados devido a pandemia de Covid-19.
Árbitro: Raphael Claus
Auxiliares: Marcelo Van Gasse e Danilo Ricardo Simon.
VAR: Márcio Henrique de Gois.
Cartões amarelos: Pará (S).
Gols: Lucas Braga (40-1) e Kaio Jorge (46-1).

SANTOS
João Paulo; Pará, Kaiky, Luan Peres, Felipe Jonatan; Balieiro (Ivonei), Jean Mota (Anderson Ceará), Gabriel Pirani (Kevin Malthus); Ângelo (Copete), Lucas Braga e Kaio Jorge (Marcos Leonardo).
Técnico: Marcelo Fernandes (interino)

SÃO BENTO
Luiz Daniel; Gabriel (Mateus Santos), Dirceu, Bruno Leonardo, Julinho; Escobar (Victor Guilherme), Fabio Bahia (Ruan), Daniel Costa; Diego Tavares, Kayan (Italo) e Geovane Itinga (Allan Dias).
Técnico: Edson Vieira



Santos vence o São Bento e segue “invicto” na primeira divisão

O Santos venceu o São Bento por 2 a 0 na tarde deste domingo, na Vila Belmiro, pela última rodada da primeira fase do Campeonato Paulista. Os gols foram marcados por Lucas Braga e Kaio Jorge, ainda no primeiro tempo.

A vitória impediu o inédito rebaixamento na história do Peixe, que permanece “invicto”. Se perdesse, o São Bento continuaria na primeira divisão. A equipe de Sorocaba se junta ao São Caetano na A-2.

O início de jogo foi nervoso, mas o gol de Lucas Braga “destravou” o Santos. O São Bento até acertou a trave na etapa final, mas não conseguiu reagir.

O Santos voltará a campo para enfrentar o Boca Juniors (ARG) na próxima terça-feira, novamente na Vila, pela quarta rodada da fase de grupos da Libertadores da América. Na estreia de Fernando Diniz, o Peixe precisa vencer para ter chance de avançar às oitavas de final.

O jogo

O primeiro tempo foi nervoso. O Santos, com a responsabilidade de impedir um fato histórico, parecia “preso” em campo. O São Bento, em compensação, tinha a bola e não tinha qualidade.

A partida foi correndo sem grande emoção até que Lucas Braga apareceu. Novamente com a perna esquerda, o atacante acertou chute cruzado e abriu o placar aos 40 minutos.

O gol aliviou o Peixe, que ampliou na sequência. Kaiky roubou a bola, Ângelo arrancou e Kaio Jorge finalizou. 2 a 0 aos 46 minutos e tranquilidade no vestiário.

O São Bento voltou melhor para os 45 minutos finais, principalmente por causa de Daniel Costa. O meia assustou o Santos em três finalizações de fora da área: duas defesas de João Paulo e uma na trave.

Depois do susto, o Peixe se reencontrou no jogo, sofreu menos sustos e poderia até ter empatado. No fim das contas, 2 a 0 no placar e a tradição de nunca ter sido rebaixado.

Mantido na primeira divisão, o Santos verá seus rivais Corinthians, Palmeiras e São Paulo na segunda fase do Estadual.

Bastidores – Santos TV:

Marcelo Fernandes diz que Santos está envergonhado: “Foi uma sensação inexplicável”

O auxiliar Marcelo Fernandes respirou aliviado ao apito final da vitória do Santos por 2 a 0 sobre o São Bento neste domingo, na Vila Belmiro.

O interino assumiu o Peixe com a saída de Ariel Holan e teve a responsabilidade de evitar o rebaixamento. Se perdesse, o Alvinegro cairia para a Série A-2 do Campeonato Paulista.

O novo técnico Fernando Diniz será apresentado nesta segunda-feira e estreará diante do Boca Juniors (ARG) na terça, pela quarta rodada da fase de grupos da Libertadores da América.

“Me dedico muito, eu e estafe. Me orgulho muito porque todas as vezes que somos chamados damos conta do recado, sempre respeitando o profissional. Cuca, Ariel e será a mesma coisa com o Fernando Diniz. Não estamos felizes, todo futebol profissional sabe que fomos abaixo no Campeonato Paulista. Não podemos comemorar, estamos até envergonhados. Foi uma sensação inexplicável. Estive sentado aqui campeão há seis anos, hoje foi diferente. Lugar que amo, que nasci. Possibilidade que nunca pensei de acontecer o pior. Não ocorreu e agradeço aos meninos. Santos é forte, é grande e segundo algumas vezes. Na segunda jamais”, disse.

“A partida era de responsabilidade enorme, mas todos os jogadores são responsáveis e profissionais ao extremo. Não importa se tem 16 ou 35. Todos focados. Tentamos de todas as formas tirar a carga deles, fazer treinos leves. Não era momento de entupir jogador de um monte de coisa. Muita pressão e dados não são possíveis agora. E dias são maravilhosos, CT, vestiário. Dias maravilhosos e só quero agradecer”, completou.

Lucas Braga pede desculpa para torcida do Santos e elogia Diniz: “Coisas boas virão”

Lucas Braga pediu desculpa para a torcida do Santos após a vitória por 2 a 0 sobre o São Bento neste domingo, na Vila Belmiro.

Com o resultado, o Peixe se mantém na primeira divisão do Campeonato Paulista, mas não avança para a segunda fase, onde estarão os rivais Corinthians, Palmeiras e São Paulo.

“Queria pedir desculpa para a torcida pela campanha. Santos tem que brigar na parte de cima. Poderíamos comemorar a classificação hoje, mas não aconteceu”, disse Braga, ao Sportv.

Autor do primeiro gol, Lucas Braga ainda elogiou o novo técnico Fernando Diniz.

“Professor vai ajudar muito, cara de coração enorme. Coisas boas virão”, concluiu.


Ônibus é apedrejado no caminho ao CT após Santos se salvar do rebaixamento

O ônibus do Santos foi apedrejado no caminho ao CT Rei Pelé após a vitória por 2 a 0 sobre o São Bento neste domingo, na Vila Belmiro.

O Peixe se salvou do rebaixamento no Campeonato Paulista, mas não deixou de ser alvo de parte da torcida organizada. As pedras não quebraram os vidros e ninguém se feriu.

Gritos como “Se terça-feira não ganhar, o pau vai quebrar” e “Não fizeram mais que a obrigação” foram entoados. Os torcedores “abordaram” o ônibus na divisa entre canal 1 e 2 e foram andando até o CT.