De 15/Outubro/77 a 05/Março/78

Goleiros:
Ernani
Ricardo
Willians


Laterais:
Fausto
Zé Maria
Nelsinho Baptista
Gilberto Sorriso


Zagueiros:
Bianchi
Joãozinho
Alfredo Mostarda
Marçal
Neto
Fernando
Araújo


Volantes:
Carlos Roberto
Clodoaldo
Gilberto Costa


Meias:
Ailton Lira
Toinzinho
Rubens Feijão
De Rosis
Pita
Nélson Borges


Atacantes:
Nilton Batata
Reinaldo
Juary
João Paulo
Bozó
Célio
Evilásio
Marco Antônio



Técnicos:
Otto Glória
Ramos Delgado



Santos Futebol Clube

– Presidente: Modesto Roma (1975-1977)
– Vice-presidente: Milton Teixeira
– Diretor de Futebol: Fernando Oliva
– Fornecedor: Adidas
– Técnicos: Otto Glória e Ramos Delgado.

Elenco:

G – Ernani Sales
G – Ricardo Barnabé Romera
G – Willians de Jesus

LD, QZ, V – Fausto Luiz Pereira Filho
LD, LE – José Maria Bernardo da Silva (Zé Maria)
LD – Nelson Baptista Júnior (Nelsinho Baptista ou Nelson)
LE – Gilberto Ferreira da Silva (Gilberto Sorriso)

ZC, V – Carlos Bianque da Silva (Bianchi)
ZC – João Rosa de Souza Filho (Joãozinho)
QZ – Alfredo Mostarda Filho
Z – Emerson Marçal
QZ – Luiz Antonio Neto
Z, LE – Fernando Guisini Neto
QZ – José Carlos Araújo

V – Carlos Roberto de Carvalho
V – Clodoaldo Tavares Santana
V – Gilberto da Costa (Gilberto Costa)

ME – Aílton Lira Silva
MD – Antônio Carlos Nomelini (Toinzinho)
MA, A – Rubens de Jesus (Rubens Feijão)
MD – Rui Sérgio Gomes de Rosis
MD – Edivaldo Oliveira Chaves (Pita)
MA – Nélson Borges de Freitas

PD – Nilton Pinheiro da Silva (Nilton Batata)
CA – Reinaldo Francisco de Oliveira
PD, CA – Juary Jorge dos Santos Filho
PE – João Paulo de Lima Filho
PE – Luiz Augusto de Aguiar (Bozó)
PD, CA – Marcelo Carlos Monteiro da Silva (Célio)
A – Evilásio Pessoa dos Santos
CA – Marco Antônio

T – Otaviano Martins Glória (Otto Glória) / T – José Manuel Ramos Delgado

Comissão técnica: Ramos Delgado (Auxiliar técnico), Celso Diniz (Preparador físico), Carlos Braga (Médico), Herminio D’Aló Salerno (Médico), Luiz Yanagi (Médico), Macedo (Massagista), Beraldo Linhares (Massagista), Sabu (Roupeiro)



Quem chegou: Evilásio (A, Galícia-BA), Marco Antônio (CA, Goiás), Nelsinho Baptista (LD, São Paulo), Gilberto Sorriso (LE, São Paulo), De Rosis (M), Nélson Borges (MA, Noroeste), Araújo (Z, Noroeste)

Quem saiu: Tostão (M, Goiás), Zé Mário (M, Palmeiras), Edu (PE, Internacional), Jorginho Maravilha (A, Noroeste), Alfredo Mostarda (QZ, Palmeiras)

Time-base: Ernani; Nelsinho Baptista, Joãozinho, Fernando e Gilberto Sorriso; Carlos Roberto, Aílton Lira e Toinzinho (De Rosis); Nilton Batata, Reinaldo (Juary) e João Paulo.

Destaques: Aílton Lira, Carlos Roberto, Toinzinho e Clodoaldo.



Primeiro a preocupação com as finanças, depois com o futebol

Iniciado o Brasileirão, mesmo após a goleada sobre o fraco Paysandu por 4 a 0, a pressão da torcida pela contratação de reforços continuava.

O elenco profissional contava com 45 atletas e foi elaborada então uma lista de 21 jogadores que não estavam nos planos para reduzir o plantel para 26 atletas e desonerar a folha de pagamento. Admundo e Terezo ganharam passe livre. Alceu e Tostão foram negociados com o Goiás, em troca do centroavante Marco Antônio. O lateral Otávio foi devolvido à Portuguesa Santista.

Os outros dez jogadores são Carlinhos, Léo, Jorginho Maravilha, Tuca, Babá, Clayton, Mário Valter, Rodrigues, Lazinho e Edu.

Além desses, ainda resolveriam a situação dos jogadores que estavam emprestados a outros clubes, tais como Aílton Silva (Vitória), Orlando (Caldense), Renato (Pelotas), Tião (Divinópolis), Da Silva (Atlético-AL) e Totonho (Sport Recife).

Apenas quatro reforços foram contratados: os atacantes Evilásio (vice artilheiro do campeonato baiano com 14 gols) e Marco Antônio (contratado por Modesto Roma sem consultar Otto Glória), além dos laterais Nelsinho Baptista e Gilberto Sorriso, ambos do São Paulo e o meia armador De Rosis (ex-Portuguesa Santista, dono do próprio passe).

Em 13/12, o Santos trouxe dois reforços para a fase final do Brasileiro, que se reiniciará ao final de fevereiro/78. O meia-atacante Nélson Borges, 22 anos, do Noroeste e da seleção de novos, por Cr$ 2,5 milhões e mais o passe de Jorginho Maravilha. Bozó seria envolvido na negociação mas negou-se a ir. O zagueiro Araújo também veio do Noroeste, por empréstimo de 3 meses, até o final do Brasileiro.