Santos 2 x 0 River Plate-ARG

Data: 28/01/1977, sexta-feira à noite.
Competição: Torneio Hexagonal do Chile – 3ª rodada
Local: Estádio Nacional, em Santiago, Chile.
Público: 30.000 aproximadamente
Renda: Cr$ 800.000,00
Árbitro: Juan Silvagno (CHI).
Cartão vermelho: Aílton Silva (S, 15-2).
Gols: Aílton Lira (17-2) e Aílton Lira (30-2).

SANTOS
Ricardo; Léo Paraibano, Aílton Silva, Neto e Fernando; Clodoaldo, Aílton Lira e Toinzinho (Zé Mário); Nilton Batata, Totonho e Reinaldo (Marçal).
Técnico: Urubatão

RIVER PLATE (ARG)
Luis Landaburu; Eduardo Saporiti, Roberto Perfumo (Pena), Héctor Artico e Héctor López; Reinaldo Merlo (Cocco), Juan José López e Alejandro Sabella; Pedro González, Jorge Bianco e Oscar Ortiz (Emilio Commisso).
Técnico: Angel Labruna



Santos vence River Plate por 2 a 0

Com a terceira vitória consecutiva no Chile, Santos chega a 6 pontos, mantém sua invencibilidade e a liderança.

Classificação:

1º Santos 6 pontos;
2º Colo-Colo 4 pontos;
3º Austria, River Plate e Everton 2 pontos;
6º Universidad de Chile 0 ponto.

“A nossa vitória é a separação da sombra de Pelé”, disse o presidente Modesto Roma.

O Santos contratou o ponta-esquerda Bozó, do São Bento, que deverá se unir ao elenco no Chile.

Fontes:
– Almanaque do Santos FC – Guilherme Nascimento
Jornal Folha de SP
– Revista Placar nº 354