São Paulo 0 x 0 Santos

Data: 20/09/1992, domingo, 16h00.
Competição: Campeonato Paulista
Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo, SP.
Público: 37.928 pagantes
Renda: Cr$ 416.349.000,00
Árbitro: Dionísio Roberto Domingos
Cartão vermelho: Luiz Carlos (S).

SÃO PAULO
Zetti; Vítor, Lula, Ronaldo e Ivan; Dinho, Pintado e Palhinha; Catê, Muller e Maurício (Macedo).
Técnico: Telê Santana

SANTOS
Sérgio; Índio, Júnior, Luiz Carlos e Flavinho; Axel, Marcelo Passos (Nei) e Edu Marangon; Almir, Guga e Ranielli.
Técnico: Geninho



Revanche fica para a Supercopa

São Paulo joga mal mas consegue segurar o Santos, que teve o zagueiro Luiz Carlos expulso

Duas injustiças aconteceram no 0 a 0 ontem no Morumbi. A primeira, o placar em branco, em um jogo de muitas alternativas e gols perdidos. A segunda, com o Santos, que atuou muito melhor que o São Paulo e só não ganhou porque lhe faltou mais competência no ataque e teve pela frente o zagueiro Lula, que fez uma grande partida.

Verdades comprovadas pelas arquibancadas, de onde a torcida do Santos saiu festejando e chamando o São paulo de “timinho” – os tricolores, em número muito maior, saíram calados.

A partir dos 20 min do primeiro tempo a torcida do Santos cantava como se vencesse, com direito a ola.

Almir, convocado para seleção de Parreira, jogou tudo o que sabe e mais um pouco, mas a bola não entrava. O ponta quase fez um gol de placa aos 24 min. Vitor tomou um drible humilhante que o deixou sentado, Zetti se prepara para sair do gol e Almir tenta encobrí-lo. A bola saiu rente ao travessão.

Fonte: Jornal Folha de SP