Santos 9 x 1 Cerro Porteño

Data: 28/02/1962, quarta-feira.
Competição: Copa Libertadores – 1ª fase – Grupo 1 – 4ª rodada (última)
Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos, SP.
Renda: Cr$ 2.065.650,00
Árbitro: José Praddaude (ARG).
Auxiliares: João Etzel Filho e Olten Ayres de Abreu (BRA).
Gols: Pepe (06-1), Insfrán (19-1), Coutinho (35-1); Coutinho (09-2), Pelé (14-2), Pelé (24-2), Pepe (27-2), Zito (35-2), Pepe (41-2, de pênalti), Coutinho (44-2).

SANTOS
Laércio (Silas, 27-2); Lima, Olavo e Getúlio; Zito e Calvet; Dorval, Mengálvio, Pagão (Pelé, 34-1), Coutinho e Pepe.
Técnico: Lula

CERRO PORTEÑO (PAR)
Pérez; Cantero, Idalino Monges e Breglia; Martinez e Monnin; Pavón, Insfrán, Jara, Pablo Rojas e Cabreta.
Técnico: Vessilio Bártoli



O Santos FC goleou depois da entrada de Pelé: 9 a 1

O Santos termina em 1º lugar no grupo e classifica-se para as semifinais.

Lula recorreu a Pelé porque o jogo “endureceu”

Princípio de incêndio na Vila Belmiro

1962-02-28-santos-9-x-1-cerro-libertadores






Fonte: Jornal Folha de SP
Vídeo: Wesley Miranda.