Árbitro não retornou do intervalo e a partida não terminou; o Santos perdeu os pontos e Vila foi interditada

O Tribunal de Justiça Desportiva (TJD/SP) interditou a Vila Belmiro por 30 dias, devido o ocorrido contra o América-SP.

O Santos recorreu ao STJD no Rio e pretendia anular a interdição de 30 dias da Vila Belmiro, a perda dos pontos para o América e a suspensão de 60 dias imposta ao vice-presidente José Rubens Marino. Já o Presidente Rubens Quintas ainda será julgado pelo TJD.

O Presidente Rubens Quintas invadiu o campo no intervalo e ameaçou o juiz Hélio Cosso, dizendo aos gritos que “se você não melhorar essa arbitragem, não poderei conter essa massa que está no campo.”

Depois de uma suposta pedrada na cabeça e a coação de Quintas, o árbitro decidiu suspender a partida, alegando “falta de condições psicológicas”.

Com a interdição, o Santos não poderá mandar os jogos da Segunda Fase em seu estádio.


Fontes:
Estadão
– Jornal República, pág 16.