Santos 3 x 1 Athletico-PR

Data: 16/08/2020, domingo, 19h45.
Competição: Campeonato Brasileiro – 3ª rodada
Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos, SP.
Público: portões fechados devido a pandemia de Covid-19.
Árbitro: Anderson Daronco (RS)
Auxiliares: Rafael da Silva Alves e Michael Stanislau (ambos do RS).
VAR: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)
Cartões amarelos: Alison (S); Richard e Lucas Silvestre (A).
Gols: Soteldo (27-1) e Felipe Jonatan (39-1); Marinho (36-2) e Abner (41-2).

SANTOS
Vladimir (João Paulo); Pará, Lucas Veríssimo (Alex), Luan Peres e Felipe Jonatan; Alison, Diego Pituca e Carlos Sanchez; Marinho (Jobson), Soteldo e Kaio Jorge (Tailson).
Técnico: Cuca

ATHLETICO-PR
Santos; Jonathan (Khellven), Thiago Heleno, Lucas Halter e Abner; Wellington, Léo Cittadini e Marquinhos Gabriel (Richard); Nikão (Geuvânio), Vitinho (Pedrinho) e Vinícius Mingotti (Carlos Eduardo).
Técnico: Lucas Silvestre



Com Marinho inspirado, Santos bate Athletico-PR e vence a primeira no Brasileiro

O Santos conseguiu sua primeira vitória no Campeonato Brasileiro na noite deste domingo. Na Vila Belmiro, com Marinho inspirado, a equipe comandada pelo técnico Cuca ganhou do Athletico-PR por 3 a 1 e enfim desencantou no torneio nacional.

Com seu primeiro triunfo, o Santos chega aos quatro pontos ganhos e figura no oitavo lugar da tabela de classificação do Campeonato Brasileiro. Já o Athletico-PR, antes com 100% de aproveitamento no torneio, permanece com seis pontos e cai para a quinta posição.

O jogo

O Santos conseguiu inaugurar o marcador na Vila Belmiro aos 27 minutos do primeiro tempo. Em uma saída errada do Athletico-PR, Lucas Halter permitiu a retomada do Santos no campo de ataque. Marinho recebeu do lado direito e cruzou rasteiro para Soteldo apenas completar.

O time mandante cresceu após sair na frente e conseguiu aumentar a vantagem aos 39 minutos da etapa inicial. Marinho driblou pela direita e cruzou. A bola passou por Soteldo e chegou para conclusão certeira de Felipe Jonatan, no ângulo esquerdo do goleiro Santos.

O Santos conseguiu construir uma boa vantagem no primeiro tempo, mas perdeu o zagueiro Lucas Veríssimo e o goleiro Vladimir, substituídos por Alex e João Paulo, respectivamente. Nos acréscimos, Nikão pegou uma sobra na entrada da área, limpou a marcação e acertou a trave da meta alvinegra.

Encarregado de substituir o pai Dorival Júnior, afastado por covid-19, o auxiliar Lucas Silvestre voltou para o segundo tempo com Carlos Eduardo no lugar de Vinícius Mingotti. Em uma jogada individual dentro da área, o ex-atacante do Palmeiras caiu após contato de Diego Pituca, em lance considerado normal pela arbitragem.

O Santos conseguiu marcar seu terceiro gol aos 36 minutos da etapa complementar. Após salto errado de Lucas Halter para cortar lançamento no meio-campo, Marinho disparou em velocidade e definiu com precisão na cara do goleiro Santos.

O Athletico-PR diminuiu a vantagem do Santos na Vila Belmiro quatro minutos antes do final do tempo regulamentar. Em bela jogada individual pela direita, Geuvânio invadiu a área e cruzou para conclusão certeira de Abner. A reação do time paranaense, no entanto, não avançou.

Bastidores – Santos TV:

Cuca dá nota 7,5 ao Santos contra o Athletico-PR e sente melhora da autoestima

Da beirada do gramado da Vila Belmiro, Cuca viu o Santos ganhar por 3 a 1 do Athletico-PR na noite deste domingo, pelo Campeonato Brasileiro. Experiente, o treinador atribuiu uma nota ao próprio time e sentiu melhora na autoestima do elenco.

No primeiro tempo, o Santos saiu na frente por meio de Soteldo e Felipe Jonatan. Na etapa complementar, Marinho coroou sua grande atuação com o terceiro gol do Santos, mas Abner diminuiu para o Athletico-PR em lance que deixou Cuca insatisfeito.

“Dou um 7,5. Se não tomasse o gol no final, daria 8”, disse Cuca, sobre a nota do time. “É um relaxo natural que o jogador tem por estar no final e vencendo 3 a 0. Mas precisamos corrigir isso. O jogo só acaba no apito final. De repente, você toma um segundo gol e vira uma confusão. Já conversei com eles sobre isso”, declarou.

O triunfo sobre o Athletico-PR, até então invicto, foi o primeiro do Santos no Campeonato Brasileiro. Com quatro pontos ganhos na tabela de classificação, o time comandado por Cuca subiu para a oitava posição e, de acordo com o técnico, evoluiu do ponto de vista psicológico.

“No geral, acho que foi uma vitória merecida, porque a equipe jogou muito bem e em um momento delicado. O moral, você não adquire sem resultado. Acho que, hoje, recuperamos um pouco da autoestima, o que é importante para a gente melhorar a performance no torneio”, afirmou.

Cuca elogia jovens do Santos, mas faz alerta sobre elenco para a temporada

O técnico Cuca precisou usar dois atletas formados nas categorias de base logo primeiro tempo do triunfo sobre o Athletico-PR, alcançado na noite deste domingo, e ficou satisfeito com o desempenho. Por outro lado, ele aproveitou a situação para fazer um alerta sobre o elenco do time alvinegro após o duelo pelo Campeonato Brasileiro.

Com o placar ainda em 0 a 0, Vladimir e Lucas Veríssimo se chocaram para cortar um ataque adversário. O zagueiro acabou substituído por Alex, enquanto o goleiro ainda ficou em campo por mais alguns minutos, mas também precisou deixar o gramado para a entrada de João Paulo.

“Jogou um menino que estreou no profissional. É um zagueiro canhoto, que jogou com outro zagueiro canhoto. Entrou em um momento dificílimo, de jogo empatado em 0 a 0, sem nem sequer ter treinado. O goleiro, da mesma forma”, iniciou o experiente Cuca.

“São situações que mostram que você vai precisar de elenco. Se, na terceira rodada do Brasileiro, já está necessitando assim, imagina na 20ª, junto com Libertadores e Copa do Brasil. Força de elenco, a gente vai fazer. Esses jovens vão estreando e, assim, vamos seguindo”, declarou.

Pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro, o Santos entra em campo para enfrentar o Sport a partir das 19h15 (de Brasília) desta quinta-feira, na Ilha do Retiro. Confiante nos jovens formados na base, Cuca conta com os atletas de mais rodagem para amparar os garotos.

“(O Santos) depende do Marinho, do Soteldo, do Sanchez, do Lucas. Depende dos caras mais experientes para carregar junto essa meninada. Os meninos são bons jogadores, mas precisam estar escorados e os mais experientes têm que agir com liderança”, afirmou.

Marinho vê vitória como ponto de partida para retomada do Santos na temporada

Com Marinho como protagonista, o Santos venceu o Athletico-PR por 3 a 1 na noite deste domingo, na Vila Belmiro. Na saída do gramado, o atleta manifestou o desejo de que o primeiro triunfo do clube no Campeonato Brasileiro marque um ponto de partida para a retomada na temporada.

No primeiro tempo, Marinho cruzou da direita e Soteldo tocou para o gol. Ainda na etapa inicial, em jogada parecida, Marinho cruzou para chute certeiro de Felipe Jonatan. Para completar, na metade final, ele mesmo marcou o terceiro do Santos no jogo.

“Creio que é uma vitória para a retomada. Sabemos da qualidade da equipe. Independentemente das coisas que aconteçam, estamos firmes e fortes. O grupo tem muitos garotos que vêm nos ajudando. Creio que, agora, vamos conseguir dar uma sequência boa, com confiança. Temos muita coisa pela frente”, afirmou, ao Esporte Interativo.

Eliminado nas quartas de final do Campeonato Paulista pela Ponte Preta, o Santos, agora comandado pelo técnico Cuca, tem Marinho como um dos pilares. Ao falar sobre sua boa fase, o jogador citou o português Jesualdo Ferreira, recentemente dispensado.

“É importante. Quero glorificar a Deus por isso e a todos os meus companheiros. A todos que me ajudaram, o Jesualdo me ajudou bastante. E, agora, o professor Cuca, que chegou passando confiança para a gente. Não podemos esquecer das pessoas que nos ajudaram”, afirmou Marinho, bem-humorado.

“O importante é que venho trabalhando. Independentemente de sair gol meu, o importante é que estou fazendo o meu melhor para ajudar a equipe. Mas que bom fazer gol. Cansei de botar nome em gol. O importante é glorificar a Deus por isso”, declarou.

Alex cita conselho de Cuca antes de “estreia surpresa” no Santos

Alex estreou como jogador profissional do Santos no último domingo, na vitória por 3 a 1 sobre o Athletico, na Vila Belmiro, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro.

O zagueiro substituiu Lucas Veríssimo ainda no primeiro tempo e aproveitou a ausência de Luiz Felipe no banco de reservas para atuar pela primeira vez.

Alex citou um conselho de Cuca e comemorou a estreia.

“Cuca me passou tranquilidade, falou para fazer o simples e fazer meu trabalho com confiança”, disse Alex.

“Eu venho me preparando há um bom tempo para essa oportunidade. Sensação é incrível de estrear com a camisa do Santos. Fiquei focado, concentrado para fazer um bom trabalho. E graças a Deus conseguimos a vitória”, completou.

Alex tem 21 anos, chegou ao Peixe para o sub-20 e tem contrato até dezembro de 2024.

Substituídos após choque, Veríssimo e Vladimir serão reavaliados nesta segunda

Em sua primeira vitória no Campeonato Brasileiro, o Santos ganhou do Athletico-PR por 3 a 1 na noite deste domingo, mas deixou a Vila Belmiro com motivos para preocupação. O goleiro Vladimir e o zagueiro Lucas Veríssimo, substituídos por lesão, serão reavaliados pelo departamento médico nesta segunda-feira.

Ainda no primeiro tempo, com o placar em 0 a 0, os dois companheiros se chocaram para cortar um ataque perigoso do Athletico-PR. Lucas Veríssimo acabou substituído por Alex. Vladimir ficou em campo por mais alguns minutos, mas precisou sair para a entrada de João Paulo.

Em sua entrevista, o técnico Cuca lamentou a situação. “Tivemos uma infelicidade muito grande de, em um único lance, perder dois jogadores. Foi incrível e não perdi os dois ao mesmo tempo. Então, queimei duas substituições no começo do jogo e isso faz falta no final”, declarou.

De acordo com o Santos, Lucas Veríssimo sofreu um ferimento no joelho esquerdo e a região foi suturada durante o intervalo da partida. O clube informou ainda que Vladimir tomou uma pancada no pé direito. Assim, os dois serão reavaliados nesta segunda-feira.

Apesar dos desfalques, o Santos conseguiu enfim desencantar no Campeonato Brasileiro. No primeiro tempo, após passes de Marinho, Soteldo e Felipe Jonatan marcaram. Na etapa complementar, o próprio Marinho aumentou e Abner descontou para o Athletico-PR.

Com seu primeiro triunfo, o Santos chega aos quatro pontos ganhos e figura no oitavo lugar da tabela de classificação do Campeonato Brasileiro.

Luiz Felipe tem lesão na coxa e desfalca Santos por tempo indeterminado ( Em 17/08/2020 )

Luiz Felipe será desfalque do Santos por tempo indeterminado. O certo é que o zagueiro não estará à disposição nas próximas rodadas do Campeonato Brasileiro.

De acordo com o departamento médico do Peixe, Luiz sofreu uma “avulsão do tendão do adutor esquerdo”. Ele iniciou o tratamento da coxa e não há prazo para retorno.

Lucas Veríssimo teve um “ferimento corto contuso” no joelho esquerdo. Ele fez exame e aguarda por uma resposta. Há chance considerável dele ser desfalque contra o Sport nesta quinta-feira, às 19h15 (de Brasília), na Ilha do Retiro, pela quarta rodada do Brasileirão.

Dessa forma, a dupla de defesa de Cuca pode ser formada por Alex Nascimento e Luan Peres.