Botafogo-SP 0 x 0 Santos

Data: 12/10/1980, domingo, 10h30.
Competição: Campeonato Paulista – 2º turno – 16ª rodada
Local: Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto, SP.
Público: 10.358 pessoas (10.276 pagantes e 82 menores).
Renda: Cr$ 892.470,00
Árbitro: Márcio Campos Sales.
Cartões vermelhos: De Rosis (B) e João Paulo (S) aos 42-1.

BOTAFOGO-SP
Valter; Wilson Campos, Tonhão, Pedrinho e Beto; Flamarion, Osmarzinho e De Rosis; Osni, Didi (Zito) e Márcio (Sabará).
Técnico: Antoninho

SANTOS
Marolla; Nelsinho Baptista, Joãozinho, Neto e Washington; Toninho Vieira, Rubens Feijão e Pita; Serginho Cederboom (Claudinho), Campos (Carlos Silva) e João Paulo.
Técnico: Pepe



O Santos esqueceu de jogar futebol

Pensando mais na viagem à Espanha, o time foi dominado pelo Botafogo, mas conseguiu empatar em Ribeirão

Suplentes: Ademir Maria, Márcio Rossini, Zé Carlos, Cardim e Carlos Silva.

Nilton Batata permanece afastado e Pepe não está disposto a perdoá-lo. Durante a viagem à Espanha, o Presidente Quintas tentará promover a reconciliação.

“Não houve respeito ao homem, ao profissional e muito menos às tradições do Santos. O afastamento do Batata é uma questão de consciência. Ele pode até ser reintegrado, mas não enquanto eu for o técnico do Santos”, disse.

Para Pepe, viagem atrapalhou o time

Fonte: Jornal Folha de SP