Palmeiras 5 x 1 Santos

Data: 18/11/1979, domingo, 17h00.
Competição: Campeonato Paulista 1979 – 2ª fase – 4ª rodada (penúltima) – Grupo F
Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo, SP.
Público: 48.942 pessoas (45.645 e 3.297 menores).
Renda: Cr$ 2.980.350,00
Árbitro: Ulisses Tavares da Silva Filho.
Cartões vermelhos: Mococa (P) e Ailton Lira (S), aos 38-1.
Cartões amarelos: Jorge Mendonça (P) e João Paulo (S).
Gols: Polozzi (01-1) e Carlos Alberto Seixas (45-1); Juary (13-2), Cesar (16-2), Jorginho (33-2) e Jorginho (39-2).

PALMEIRAS
Gilmar; Rosemiro, Beto Fuscão, Polozzi e Pedrinho; Pires, Mococa e Jorge Mendonça; Jorginho Putinatti, Carlos Alberto Seixas (César) e Baroninho (Nei).
Técnico: Telê Santana

SANTOS
País; Nelsinho Baptista, Cassiá, Fernando e Gilberto Sorriso; Gilberto Costa, Rubens Feijão (Aílton Lira) e Pita; Nílton Batata, Juary e João Paulo.
Técnico: Pepe



Um resultado exagerado

No Morumbi, glória de Telê e drama de Pepe

A goleada por 5 a 1 consagrou o técnico do Palmeiras, enquanto Pepe viu seu time perder, sentando nas numeradas

Nesta partida falava-se em tabu, onde o Santos não vencia o Palmeiras há quatro anos, porém o alvinegro venceu amistoso em 1978 na Vila, por 3 a 1.

Irritado, Rubens Quintas queria um culpado

Fonte: Jornal Folha de SP