Santos 2 x 1 Marília

Data: 10/09/1980, quarta-feira, 21h00.
Competição: Campeonato Paulista – 2º turno – 8ª rodada
Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos, SP.
Público: 3.659 pagantes
Renda: Cr$ 343.660,00
Árbitro: Nilson Cardoso Bilha.
Cartões amarelos: Neto e Nilton Batata (S).
Cartão vermelho: Tecão (M).
Gols: Cardim (11-1); João Carlos (10-2) e Claudinho (18-2).

SANTOS
Marolla; Nelsinho Baptista, Aílton Luiz, Neto e Washington; Toninho Vieira, Rubens Feijão e Carlos Silva; Nilton Batata, Claudinho (Serginho Cederboom) e Cardim.
Técnico: Pepe

MARÍLIA
Silas (Paulo César); Valdir, Tecão, Renato e Toninho Costa (Edel); Fernando, Manguinha e Rui Lima; Paulinho, João Carlos e Reginaldo.
Técnico: Wilson Francisco Alves



Santos derrota o Marília

Em um campo encharcado e com seis desfalques, Santos encontra dificuldades para vencer o Marília.

Joãozinho, Márcio Rossini, Miro e João Paulo não jogam, além de Pita, que não renovou contrato.

O goleiro Silas, do Marília, levou uma pedrada de um torcedor no supercílio e precisou ser substituído.

Aos 38-2, o árbitro anulou um gol de bicicleta de Rubens Feijão. Pepe reclamou tanto que foi expulso.

Fonte: Jornal Folha de SP