San Lorenzo 3 x 0 Santos

Data: 27/09/2006, quarta-feira, 22h00.
Competição: Copa Sul-Americana – Oitavas-de-final – Jogo de ida
Local: Estádio Pedro Bidegain, El Nuevo Gasómetro, em Buenos Aires, Argentina.
Público e Renda: N/D
Árbitro: Carlos Chandía (CHI).
Cartões amarelos: Vobril, Botero e Lavezzi (C); Ronaldo Guiaro (S).
Gols: González (07-1); Jiménez (15-2) e Lavezzi (22-2).

SAN LORENZO (ARG)
Orión; Tula, Sebastián Méndez (Pablo Alvarado), J. Bottinelli, Voboril; Adrián González (Joaquín Botero), Acevedo, Claudio Husaín, Darío Bottinelli; Ezequiel Lavezzi (Leonardo Ulloa) e Roberto Jiménez.
Técnico: Oscar Ruggeri

SANTOS
Fábio Costa; Luiz Alberto (André), Manzur e Ronaldo Guiaro; Dênis, Heleno (André Luiz), Tabata (Rodrigo Tiuí), Cléber Santana e Kleber; Jonas e Wellington Paulista.
Técnico: Vanderlei Luxemburgo



Santos perde na Argentina e se complica na Copa Sul-Americana

O Santos complicou sua situação na Copa Sul-Americana-2006 ao perder por 3 a 0 para o San Lorenzo, na noite desta quarta-feira, no estádio Nuevo Gasómetro, em Buenos Aires, pelas oitavas-de-final.

O confronto de volta está marcado para o dia 11 de outubro. Para ficar com a vaga na próxima fase, o Santos precisa vencer por quatro gols de diferença –vitória por 3 a 0 leva a decisão para os pênaltis.

O técnico do Santos, Vanderlei Luxemburgo, não contou nesta noite com o volante Maldonado, que não foi inscrito na competição, e com o meia Zé Roberto, poupado para melhorar a forma física.

Sem eles, Luxemburgo optou por começar a partida no esquema 3-5-2, com Manzur, Ronaldo Guiaro e Luiz Alberto na zaga. Na frente, o ataque foi formado por Jonas e Wellington Paulista.

Na primeira vez em que chegou ao ataque, a equipe argentina marcou o gol. Aos 7min, Adrián Gonzalez cobrou falta com categoria, sem chance de defesa para Fábio Costa, e fez 1 a 0. A bola tocou no travessão antes de entrar.

Em desvantagem, o Santos tentou se organizar em campo e passou a jogar no campo do adversário. Aos 20min, o time da Baixada chegou com perigo. O zagueiro Luiz Alberto recebeu lançamento longo, dentro da área do San Lorenzo, e bateu forte, exigindo boa defesa do goleiro Orion.

Aos 34min, o San Lorenzo respondeu. Adrián Gonzalez se encarregou de outra cobrança de falta e exigiu ótima defesa de Fábio Costa.

Para a etapa final, o Santos voltou com duas novidades: entraram André Luiz e André e deixaram a equipe Luiz Alberto e Heleno.

Com a equipe mais ofensiva, o Santos tentou pressionar o adversário e chegou com perigo numa cabeçada de Wellington Paulista.

Mas, aos 15min, o San Lorenzo marcou o segundo gol. Jimenez recebeu lançamento nas costas da defesa santista –Ronaldo Guiaro não conseguiu cortar– e, dentro da área, chutou forte, rasteiro, sem defesa para Fábio Costa.

Aos 21min, Lavezzi recebeu lançamento longo e, percebendo, a saída de Fábio Costa, tocou por cobertura, marcando o terceiro gol do San Lorenzo na partida.

Pelo Campeonato Brasileiro, o Santos volta a campo no dia 5 de outubro, quando faz o clássico contra o Corinthians no estádio do Pacaembu.