Segundo o presidente Athiê Jorge Coury, o campeão paulista e brasileiro de 61 embarcou para uma turnê sul-americana por dois motivos: técnico e financeiro.

“Técnico, porque o Santos é uma equipe que não pode parar. A inatividade influi decisivamente na produção de nossos jogadores. E financeiro, porque, como todos sabem, nosso quadro é bastante caro. E Cr$ 50 milhões não é coisa que se despreze.”

O Santos viajou sem dois titulares: Mauro, contundido e Dalmo, sem contrato. Essa excursão marcou a estreia do goleiro Gylmar pelo Santos FC.

Posteriormente, o Santos foi multado em Cr$ 10 mil pelo CND (Conselho Nacional de Desportos), por ter excursionado ao exterior sem levar um técnico diplomado em sua delegação.



Delegação: 16 jogadores

– Goleiros: Gylmar e Laércio;
– Laterais: Lima;
– Zagueiros: Calvet, Décio Brito, Getúlio e Olavo;
– Volantes: Zito e Formiga;
– Meio-campistas: Mengálvio;
– Atacantes: Coutinho, Dorval, Pagão, Pelé, Pepe e Tite.

– Técnico: Lula
– Demais membros: Nestor Pacheco Junior (chefe), Ciro Costa (administrador), Hermínio Daló Salerno (médico) e Macedo (massagista).


Campanha:

J
V
E
D
GP
GC
SG
A
10
8
1
1
44
20
24
85,0%


Resultados:

Equador
07/01/1962 – Santos 6 x 2 Barcelona-EQU – Amistoso – Estádio Modelo, Guayaquil
14/01/1962 – Santos 6 x 3 LDU-EQU – Amistoso – Olímpico Atahualpa, Quito
Peru
17/01/1962 – Santos 5 x 1 Alianza Lima-PER – Amistoso – Estádio Nacional de Lima
20/01/1962 – Santos 5 x 2 Universitario-PER – Amistoso – Estádio Nacional de Lima
24/01/1962 – Santos 5 x 1 Sporting Cristal-PER – Amistoso – Estádio Nacional de Lima
27/01/1962 – Santos 3 x 2 Deportivo Municipal-PER – Amistoso – Estádio Nacional de Lima
Uruguai
31/01/1962 – Santos 3 x 2 Nacional-URU – Amistoso – Centenario, Montevidéu
Argentina
03/02/1962 – Santos 8 x 3 Racing Club-ARG – Torneio de Buenos Aires – Monumental de Núñez
06/02/1962 – Santos 1 x 2 River Plate-ARG – Torneio de Buenos Aires – Monumental de Núñez
09/02/1962 – Santos 2 x 2 Gimnasia y Esgrima-ARG – Amistoso – El Bosque, La Plata

Artilheiros: 44 gols

11 gols – Coutinho e Pepe
08 gols – Pelé
05 gols – Dorval
02 gols – Mengálvio, Pagão e Tite
01 gol – Décio Brito e Zito
01 gol contra – Jedlinski (Racing Club)



Fontes:
– Almanaque do Santos FC – Guilherme Nascimento;
– Correio da Manhã (RJ);
– Diário El Telégrafo, de Guayaquil, Equador;
– Diário El Comercio, Equador;
– Estadão;
– Jornal Folha de SP;
– La Nación, Argentina.