Operário de Dourados 0 x 1 Santos

Data: 16/05/1982, domingo, 17h00.
Competição: Amistoso
Local: Estádio Napoleão Francisco de Souza, o estádio da L.E.D.A., em Dourados, MS.
Público: 10.000
Renda: Cr$ 3.400.000,00
Árbitro: Ramon Lourenço
Gol: Mauro Campos (10-1).

OPERÁRIO DE DOURADOS (MS)
Luis Fernando; Ronaldo, Gilmar, Jair e Juarez; Sergião, Zé Miguel (Moreira) e Arizinho; Tatata, Pedro Rodrigues e Renatinho (Juarez).
Técnico:

SANTOS
Ademir Maria (Marolla); Mauro Campos, Márcio Rossini; Toninho Carlos e Gilberto Sorriso; Chicão (Toninho Silva), Carlos Silva e Pita (Cardim); Paulinho Batistote, Palhinha (Ferreira) e João Paulo (Ignácio).
Técnico: Paulo Emílio



A reabilitação em Dourados

Clube recebeu por esse amistoso a cota de 2 milhões de cruzeiros.

O ponta esquerda Márcio Fernandes, que estava emprestado ao Paysandu, rescindiu contrato e retornou ao clube.

Santos vive hoje dia de decisões

Futebol à parte, a crise política do Santos tem novo desdobramento hoje, quando o presidente Rubens Quintas deve oficializar sua saída ao entregar carta-renúncia junto ao Conselho Deliberativo. Renato Soares Prestes, presidente em exercício, responderá se aceita ou não completar essa gestão, até dezembro de 1983.

Fonte: Jornal Folha de SP