Santos 2 x 1 Guarani

Data: 16/05/1996, quinta-feira, 20h30.
Competição: Campeonato Paulista – 2º turno – 11ª rodada
Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos, SP.
Público: 3.894 pagantes
Renda: R$ 33.195,00
Árbitro: Epifânio Gonzalez (PAR).
Auxiliares: Manoel Gil Gomes e Valter José dos Reis (ambos de SP).
Cartão vermelho: Jefferson (G, 25-2).
Gols: Camanducaia (06-2), Cairo (16-2) e Macedo (24-2).

SANTOS
Edinho; Cláudio, Sandro, Narciso e Marcos Adriano; Gallo (Batista), Carlinhos, Marcelo Passos (Baiano) e Robert; Camanducaia (Clóvis) e Macedo.
Técnico: Orlando Amarelo

GUARANI
Paulo César; Jefferson, Renato Carioca, Paulão e Júlio César; Fernando, Valdeir (Aloísio), Fabinho e Gutemberg (Cairo); Dinei (Goiano) e Silvio.
Técnico: Gersinho



Santos bate Guarani e reassume 2º lugar

Com todos os gols no segundo tempo, o Santos venceu ontem o Guarani, na Vila Belmiro, por 2 a 1.

Camanducaia e Macedo fizeram para o Santos. Cairo descontou para o Guarani.

O resultado manteve as esperanças do Santos de conquistar o título do segundo turno. No domingo, a equipe enfrenta, em Jaú, o XV, com os retornos dos titulares Giovanni, Jamelli e Vágner.

O jogo começou com o Santos explorando a velocidade de Macedo e Camanducaia pelas pontas. Mas foram do Guarani as melhores chances de gol.

Com o gramado encharcado pela chuva, os dois times passaram a arriscar chutes de fora da área.

A primeira oportunidade de gol foi do Guarani, aos 5min. O meia Fabinho, pela esquerda, chutou e a bola bateu na trave santista.

O Santos levou perigo ao gol de Paulo César aos 8min. Marcelo Passos cobrou escanteio. Camanducaia cabeceou para fora.

Marcelo Passos e Carlinhos, pelo Santos, e Fernando, pelo Guarani, perderam as melhores chances.

Os gols aconteceram no segundo tempo. Aos 6min, Camanducaia recebeu de Marcelo Passos e, da grande área, chutou à esquerda de Paulo César, fazendo 1 a 0.

O Guarani empatou aos 16min. Cairo chutou de fora da área, no canto direito de Edinho.

Aos 24min, foi a vez de Macedo, com um chute cruzado, colocar o Santos novamente na frente.



Santos faz aposta na velocidade para derrotar o Guarani na Vila ( Em 16/05/1996 )

Sem Giovanni, Jamelli e Vágner, mas com a volta do meia defensivo Carlinhos, o Santos pega hoje o Guarani, na Vila Belmiro.

Para “furar” a possível retranca do adversário, o técnico Orlando Pereira aposta na velocidade dos pontas Macedo e Camanducaia.

A única dúvida é o zagueiro Narciso, que não treinou ontem, se queixa de dores na perna esquerda e fará um teste nos vestiários. Se for vetado, entra Ronaldo.

Marcelo Passos, responsável hoje pela armação das jogadas ofensivas, quer deixar o Santos. Ele se disse descontente com o pouco aproveitamento no campeonato.

Já o meia Vágner será punido pela diretoria por não ter se reapresentado anteontem. O jogador recebeu o terceiro cartão amarelo e não pega o Guarani. Mas deveria continuar treinando. A atitude irritou Pereira.

O adversário

O Guarani acertou o empréstimo do meia-atacante Amoroso para o Udinese, da Itália, por R$ 900 mil.

O prazo é de um ano, e o passe do jogador está avaliado em US$ 2 milhões. Amoroso, que está no Flamengo, vai para a Itália após o Estadual do Rio.

Gersinho, integrante do colegiado que dirige a equipe, acredita que a arma para vencer o Santos é uma boa marcação.



Fonte: Estadão
Vídeo: Wesley Miranda