O Santos e o Flamengo acertaram ontem as trocas, por empréstimo até dezembro, do volante Marcos Assunção pelo meia-atacante Lúcio e do atacante Caio pelo lateral-esquerdo Athirson.

O fim da negociação dependia somente de um acordo entre os jogadores santistas e o clube carioca. “Entre os clubes, está tudo acertado”, disse José Paulo Fernandes, vice-presidente do Santos.

O meia santista Arinélson também será incluído na transação, disse no final da tarde de ontem o presidente do Flamengo, Kleber Leite, em entrevista à rádio Cultura AM, de Santos. Segundo Leite, o técnico Emerson Leão escolherá, para trocar por Arinélson, um ou dois jogadores de uma lista a ser apresentada pelo Flamengo.

Athirson e Lúcio já conversaram com os dirigentes santistas e acertaram os salários, segundo informou Renato Duprat, presidente da Unicór (patrocinadora do Santos).

Lúcio chegou na tarde de ontem ao Centro de Treinamento do Santos e participou do treino coletivo, atuando no time reserva.

O procurador de Marcos Assunção, Eli Coimbra Filho, e os pais de Caio devem chegar hoje ao Rio, para discutir os contratos dos jogadores com o Flamengo. Marcos Assunção já deve jogar no domingo, contra o Madureira.

O preço dos passes dos atletas ao final do empréstimo -caso algum dos clubes queira adquiri-los em definitivo- ainda não estava determinado pelos clubes.

O técnico Leão comandou na tarde de ontem o primeiro treino coletivo do qual participaram os outros dois reforços -o atacante Viola (ex-Palmeiras) e o volante Claudiomiro (ex-Coritiba). Os dois jogaram no time titular. Zetti, contundido, é dúvida. Se não puder jogar contra o São Paulo, amanhã, Edinho entra.

Leão escolhe novo reforço

Os volantes Bruno Quadros e Maurinho e o meia-atacante Rodrigo, que se encontra emprestado ao Atlético-PR, estão entre as opções do técnico Emerson Leão para a troca com o Flamengo pelo meia Arinélson. Leão disse que está estudando quais jogadores dentre os colocados à disposição pelo clube carioca serão escolhidos para se transferirem para o Santos.

De acordo com o presidente do Flamengo, Kleber Leite, a troca por Arinélson, que até ontem dizia desconhecer a negociação, poderá envolver um ou dois atletas, de acordo com o pedido do Santos.

“Estou me dando o direito de pensar um pouco mais para ver aquilo que nós poderemos escolher em troca do Arinélson. São jogadores em um mesmo patamar, de empréstimo. Nada em termos de estrelas”, afirmou Leão.

À exceção de Maurinho, contratado pelo Flamengo do Bragantino, os outros dois jogadores são revelações das categorias de base do clube carioca.

Bruno Quadros esteve para ser emprestado neste ano à Lusa, mas não aceitou. Rodrigo teve passagens pelo Grêmio e pelo futebol japonês. Retornou ao Flamengo e foi emprestado ao Atlético-PR.

Arinélson, adquirido no ano passado por R$ 900 mil do Iraty (PR), por indicação do ex-treinador do clube Wanderley Luxemburgo, deixará o Santos por incompatibilidade com o técnico Leão. O treinador critica o excesso de individualismo do jogador e a desobediência a determinações táticas. Além disso, Arinélson criticou o técnico por ter sido excluído do time principal.