Ponte Preta 3 x 1 Santos

Data: 26/01/2002
Competição: Torneio Rio SP
Local: Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, SP.
Público e Renda: N/D
Árbitro: Paulo César de Oliveira (SP).
Cartões amarelos: Washington e Rodrigo (PP); Léo, Elano, Marcelo Silva e Odvan (S).
Gols: Odvan (03-1), Washington (04-1), Washington (13-1) e Adrianinho (34-2).

PONTE PRETA
Ronaldo; Carlos Alexandre (Roberto), Rodrigo, Ronaldão e Elivélton; Fabinho, Mineiro, Dionísio (Eduardo) e Humberto (Adrianinho); Washington e Jean.
Técnico: Oswaldo Alvarez.

SANTOS
Fábio Costa; Valdir, Cléber, Odvan e Léo; Paulo Almeida, Marcelo Silva, Robert (Wellington) e Esquerdinha; Elano (Douglas) e William (Thiago).
Técnico: Celso Roth



Washington marca 2, e Ponte Preta bate o Santos de virada no Rio-SP

A Ponte Preta venceu de virada o Santos por 3 a 1, hoje, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, pela segunda rodada do Torneio Rio-São Paulo. Com o resultado, a equipe campineira chegou aos quatro pontos, mesmo total do Corinthians, que aplicou 3 a 0 no Americano.

O Santos esteve melhor no primeiro tempo. Com uma marcação forte e abusando das faltas, a equipe de Celso Roth não deu espaços ao time local e chegou com mais perigo ao gol de Ronaldo, enquanto Fábio Costa pouco foi ameaçado na etapa inicial.

O estreante Odvan, ex-Vasco, colocou o Santos em vantagem logo aos 4min. Após cobrança de falta de Elano da esquerda, o zagueiro santista, livre, cabeceou no canto esquerdo, sem chance para goleiro da Ponte Preta.

Outro lance de perigo criado pelo ataque santista foi aos 15min. O meia Robert arriscou de fora da área, mas Ronaldo fez boa defesa. A equipe campineira também tentou de longa distância. Aos 7min, Elivélton chutou no canto direito, mas Fábio Costa colocou para escanteio.

No segundo tempo, o Santos começou assustando com chute de fora da área de Paulo Almeida, mas foi a equipe da casa que chegou ao gol. Aos 5min, Washington recebeu na área, cortou o zagueiro Cléber e chutou no canto direito de Fábio Costa empatando para a Ponte Preta.

Dois minutos depois, a equipe da Vila Belmiro teve a chance de passar à frente novamente, mas Ronaldo impediu o segundo gol em finalização de Esquerdinha.

Aos 14min, a Ponte Preta virou o placar. Jean tocou de calcanhar para Washington, que avançou livre, driblou o goleiro Fábio Costa e marcou seu terceiro gol no Torneio Rio-São Paulo, alcançando Dodô na artilharia do interestadual.

Aos 35min, Elivélton cruzou da esquerda para a entrada de Adrianinho, que chutou alto no canto direito de Fábio Costa fazendo o terceiro gol da equipe ponte-pretana, que agora soma quatro pontos.