Estádio terá novo gramado e capacidade ampliada

A diretoria do Santos decidiu, em reunião na noite de anteontem, realizar uma reforma geral no estádio da Vila Belmiro. Com as obras, o time não terá o mando dos jogos do Campeonato Brasileiro em casa.

“Este ano não terá mais jogo na Vila Belmiro”, disse o diretor do Departamento de Patrimônio do clube, Odílio Rodrigues. A previsão, segundo ele, é que o estádio esteja liberado em janeiro de 1997.

Ele afirmou que as obras mais importantes são a reforma no gramado, no sistema de drenagem do campo e a construção da arquibancada atrás de um dos gols.

O diretor disse que, com as obras para o fechamento do anel da arquibancada, a capacidade do estádio deve aumentar em 3.000 lugares. Atualmente, a capacidade é de 26 mil torcedores. Rodrigues disse acreditar que o valor de toda a reforma deve chegar a US$ 2 milhões.

Ele afirmou que o Santos terá condições de realizar as obras em razão da venda do passe do meia Giovanni (US$ 7,8 milhões) para o Barcelona (Espanha).

Com a interdição da Vila, o diretor do departamento de futebol, José Paulo Fernandes, disse que ainda não sabe onde o Santos terá o mando dos jogos do Brasileiro. “Antes, temos que ver as datas dos jogos”, disse.