Flamengo 2 x 2 Santos

Data: 24/05/2006, quarta-feira, 21h45.
Competição: Campeonato Brasileiro – 7ª rodada
Local: Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, RJ.
Público: 3.240
Renda: R$ 43.434,00
Árbitro: Luiz Alberto Bites (GO).
Cartões amarelos: Léo, Léo Medeiros, Renato e Jônatas (F); Domingos, Kléber e Wellington Paulista (S).
Gols: Rodrigo Tiuí (19-1), Fernando (21-1, contra), Luiz Alberto (32-1, contra) e Renato (15-2).

FLAMENGO
Diego; Marcelinho, Renato Silva, Fernando e Juan; Léo (Obina), Léo Medeiros, Renato e Jônatas (Goeber); Walter Minhoca e Diego Silva (Vinícius).
Técnico: Ney Franco

SANTOS
Fábio Costa; Dênis (Neto), Luiz Alberto, Domingos e Kléber; Maldonado, Fabinho (Wendel), Cléber Santana e Rodrigo Tabata; Wellington Paulista (Magnum) e Rodrigo Tiuí.
Técnico: Vanderlei Luxemburgo



Santos faz 2 a 0, mas cede empate para o Flamengo no Maracanã

Após perder sua primeira partida no Campeonato Brasileiro (1 a 0 contra o Fluminense, no último domingo), o Santos voltou a tropeçar nesta quarta-feira, quando chegou a abrir vantagem de dois gols, mas acabou cedendo o empate para o Flamengo, no Maracanã, 2 a 2.

Com o resultado, a equipe de Vanderlei Luxemburgo chegou a 14 pontos e perdeu a vice-liderança do Nacional para o Fluminense. O Cruzeiro, que goleou a Ponte Preta por 5 a 1, ocupa a primeira colocação.

O resultado desta quarta-feira aumentou o tabu do Santos no duelo. A equipe paulista não derrota o rival há seis jogos. O último triunfo aconteceu no Brasileiro de 2004 –2 a 0 na Vila Belmiro.

O Flamengo, que estreou o técnico Ney Franco, ex-Ipatinga, tem agora oito pontos.

O jogo

Muito bem no começo da partida, o Santos dominou o Flamengo e fez dois gols nos primeiros 20 minutos.

Aos 18min, Rodrigo Tabata lançou Rodrigo Tiuí, que tocou por cima do goleiro Diego e abriu o marcador.

Dois minutos depois, outra assistência de Tabata. O jogador cruzou para Luiz Alberto, que se antecipou e, de cabeça, fez o segundo gol santista.

Perdendo por 2 a 0, o Flamengo se desesperou em campo e quase sofreu o terceiro tento aos 25min. Após cobrança de falta, Wellington Paulista chutou e Renato Silva salvou em cima da linha para evitar o terceiro gol do time visitante.

Aos poucos, entretanto, o time do Rio de Janeiro melhorou na partida e começou a levar perigo ao gol de Fábio Costa.

Depois de confusão na área santista, a bola bateu em diversos jogadores antes de entrar, aos 31min. O árbitro Luiz Alberto Bites deu o gol para o zagueiro Renato Silva, do Flamengo.

No segundo tempo, os cariocas voltaram decididos a conquistar o empate e aproveitaram a queda de rendimento santista.

Aos 15min, Walter Minhoca cruzou da direita, e depois de rebote de Domingos, Renato acertou o canto direito de Fábio Costa e igualou o marcador.