Fortaleza 1 x 1 Santos

Data: 10/09/2006
Competição: Campeonato Brasileiro – 23ª rodada
Local: Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza, CE.
Público: 10.207
Renda: R$ 113.607,00
Árbitro: Lourival Dias Lima Filho (BA)
Cartões amarelos: Alan e Chicão (F); Dênis, Manzur, Domingos, Rodrigo Tabata e Cléber Santana (S).
Cartões vermelhos: Finazzi (F); Maldonado (S).
Gols: Dênis (39-1) e Rinaldo (14-2).

FORTALEZA
Albérico; Dezinho, Alan, Wendel e Ramalho; Chicão (André Cunha), Mazinho Lima, Jorge Mutt (Patrick) e Bruno Barros (Rinaldo); Lúcio e Finazzi.
Técnico: R. Davino

SANTOS
Felipe; Dênis, Manzur (Domingos), Luiz Alberto e Kléber; Maldonado, André Luís (Rodrigo Tabata), Cléber Santana e André Belezinha; Rodrigo Tiuí (Leandro) e Wellington Paulista.
Técnico: Vanderlei Luxemburgo



Santos perde chance de encostar no São Paulo e só empata com o Fortaleza

O Santos perdeu uma valiosa chance de encostar na liderança do Campeonato Brasileiro-06 neste domingo, quando empatou com o Fortaleza por 1 a 1, fora de casa, pela 23ª rodada do torneio.

Com o resultado, o time de Vanderlei Luxemburgo chegou a 39 pontos e continua a quatro do líder São Paulo, que, mesmo com dois jogadores a mais durante grande parte da partida, não conseguiu sair do 0 a 0 diante do Corinthians.

Ciente do tropeço são-paulino e disposto a aproveitar o deslize do rival, o Santos iniciou o confronto de hoje no campo de ataque e teve boa chance de abrir o marcador logo aos 4min, quando Kléber cruzou pata André, que não conseguiu concluir. A bola sobrou para Cléber Santana, que desperdiçou a oportunidade.

Após o começo promissor, os paulistas diminuíram o ritmo e viram o rival levar perigo à meta do jovem goleiro Felipe em três oportunidades, sempre com o meia Jorge Mutt.

Na primeira, o jogador recebeu passe de Lúcio e arriscou de longe, tentando tirar proveito da má colocação do arqueiro santista, que estava adiantado. Porém, a bola foi para fora.

Nos outros dois lances, Jorge Mutt entrou na defesa do Santos e arriscou batidas cruzadas. No entanto, Felipe, no primeiro lance, e Maldonado, no segundo, salvaram os gols.

Mesmo mal na partida, a equipe de Luxemburgo chegou ao seu gol aos 39min, quando o lateral-direito Dênis, um dos destaques da partida, fez jogada individual e levou a bola para o meio antes de chutar forte e acertar o canto direito de Albérico

Pouco depois, foi a vez de André arriscar chute de fora da área. Desta vez, no entanto, o goleiro do Fortaleza se esticou bem e conseguiu espalmar para escanteio.

Precisando somar pontos para deixar a zona de rebaixamento –ocupa a 19ª posição, com 23 pontos–, o time do Ceará foi ao campo de ataque e conseguiu empatar a partida aos 14min da etapa final, com Rinaldo, que recebeu passe de Lúcio e, de dentro da área, finalizou forte.

Aos 20min, Rodrigo Tabata, que tinha acabado de substituir André Luís, fez boa jogada individual ao driblar os seus adversários e chutou na trave direita de Albérico.

Na seqüência, Felipe salvou o Santos de sofrer a virada ao defender uma bela finalização de Rinaldo, que aproveitou cruzamento da esquerda e chutou de primeira.

Aos 25min, o Fortaleza perdeu outra grande chance. Rinaldo fez boa jogada individual pela esquerda e rolou para Finazzi. O centroavante dominou e venceu o goleiro santista com um chute cruzado, mas Dênis conseguiu o desvio e salvou o gol.

Depois de onze minutos do lance anterior, Finazzi e Maldonado trocaram agressões dentro da área santista. O árbitro Lourival Dias Lima Filho consultou um de seus assistentes e expulsou os dois atletas.