Fluminense 1 x 0 Santos

Data: 21/05/2006
Competição: Campeonato Brasileiro – 6ª rodada
Local: Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, RJ.
Público: 4.170
Renda: R$ 59.018,00
Árbitro: Carlos Eugênio Simon (RS)
Cartoes amarelos: Thiago Silva, Thiago e Romeu (F); Neto, Rodrigo Tabata, Wellington Paulista e Geílson (S).
Gol: Luiz Alberto (25-2, contra).

FLUMINENSE
Fernando Henrique; Thiago Silva, Thiago (Gabriel), Roger e Rogério (Radamés); Marcão, Romeu, Petkovic (Juliano) e Marcelo; Lenny e Tuta.
Técnico: Osvaldo de Oliveira

SANTOS
Fábio Costa; Neto (Dênis), Luiz Alberto, Domingos e Kléber; Maldonado, Wendel, Cléber Santana e Rodrigo Tabata (Léo Lima); Rodrigo Tiuí e Wellington Paulista (Geílson).
Técnico: Vanderlei Luxemburgo



Santos perde invencibilidade para o Fluminense e deixa liderança

Em um jogo muito disputado, o Santos foi derrotado pelo Fluminense por 1 a 0, neste domingo, no Maracanã, e perdeu para o Cruzeiro a liderança do Campeonato Brasileiro.

Assim como o Cruzeiro, o Santos, que era o último invicto da competição, também tem 13 pontos ganhos, mas perde nos critérios de desempate. O Fluminense, com a vitória, chegou à mesma pontuação e é o quarto –o Internacional ocupa a terceira colocação.

A derrota significou a quebra da invencibilidade de 10 jogos da equipe de Vanderlei Luxemburgo. No ano passado, o clube conseguiu uma série invicta de um jogo a mais, quando era dirigida por Gallo.

Na próxima rodada do Nacional, o Santos enfrenta o Flamengo, na quarta-feira, novamente no Maracanã. Já o Fluminense vai ao Ceará enfrentar o Fortaleza, no mesmo dia.

O jogo

Mesmo sem poder contar com Reinaldo e Fabinho, suspensos pelo STJD, o Santos foi melhor durante boa parte do jogo. Entretanto, este domínio não foi suficiente para conseguir um bom resultado em uma partida que foi muito disputada no meio do campo e que teve poucas chances reais de gol.

O começo do jogo foi bastante equilibrado. As duas equipes demonstraram qualidade nos passes e tentaram, em vão, ações ofensivas, principalmente pelo lado esquerdo. O Santos, com os avanços de Kléber, e o Fluminense, com a movimentação de Lenny.

A grande oportunidade do primeiro tempo aconteceu aos 17min, quando Rodrigo Tabata colocou Wellington Paulista na frente de Fernando Henrique. O atacante tentou tirar do goleiro e acertou o travessão.

Na etapa final, as duas equipes conseguiram ser um pouco mais criativas. Apesar de melhorar na partida, o Fluminense continuou sendo inferior ao Santos e só conseguiu o seu gol da vitória em um lance de pura sorte.

Aos 25min, após lançamento longo da defesa do time do Rio de Janeiro, o zagueiro Luiz Alberto acabou cabeceando para trás, encobrindo Fábio Costa.

Na frente no marcador, o Fluminense cresceu no jogo e começou a comandar a partida. O Santos até tentou atacar de uma forma mais eficiente, porém esbarrou no time carioca, que conseguiu segurar o marcador sem tomar grandes sustos.