Vídeos: (1) Melhores momentos, (2) Reportagem do Globo Esporte e (3) Bastidores Santos TV.

Santos 5 x 0 Grêmio Barueri

Data: 27/01/2010, quarta-feira, 19h30.
Competição: Campeonato Paulista – 4ª rodada
Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos, SP.
Público: 5.294 pagantes
Renda: R$ 116.280,00
Árbitro: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral
Auxiliares: Hilton Francisco de Melo e Daniel Luis Marques
Cartões amarelos: Éder, Diego e Daniel Marques (B); Bruno Rodrigo, Rodrigo Mancha e Neymar (S).
Cartão vermelho: Diego e Marcelinho (B).
Gols: André (33-1); Wesley (25-2), Zé Eduardo (28-2), Neymar (33-2) e Neymar (42-2, de pênalti).

SANTOS
Felipe; Pará, Bruno Rodrigo, Durval e Léo; Rodrigo Mancha, Wesley, Marquinhos (Breitner) e Paulo Henrique (Alan Patrick); Neymar e André (Zé Eduardo)
Técnico: Dorival Júnior

GRÊMIO BARUERI
Márcio; Eder, Daniel Marques, Diego e Jefferson; Anderson (João Vitor), Marcos Assunção, Marcelo Oliveira e Carlos Eduardo (Ji Paraná); Flavinho (Marcelinho) e Tadeu
Técnico: Vinícius Eutrópio



Com exibição de gala, Santos se recupera e goleia o Barueri

Neymar comandou o passeio santista na Vila, marcando dois na goleada por 5 a 0 sobre o adversário

Com uma grande exibição, o Santos se reabilitou na noite desta quarta-feira, na Vila Belmiro, após perder para o Mogi Mirim. O Peixe goleou o Barueri, por 5 a 0, com um bom futebol de toda a equipe, principalmente do atacante Neymar, que marcou dois gols. André, Wesley e Zé Eduardo completaram a goleada, em confronto válido pela quarta rodada do Campeonato Paulista.

Na próxima rodada, os santistas recebem o Oeste, sábado, a partir das 19h30 (horário de Brasília), na Vila Belmiro. O duelo, que inicialmente estava marcado para o Pacaembu, foi re-agendado para o estádio alvinegro. No mesmo dia, só que às 17 horas, a Abelha recebe o Rio Claro, no Estádio Eduardo José Farah, em Presidente Prudente.

O jogo

O jogo começou com o Santos pressionando os visitantes, desde o início. Logo aos 6 minutos, cobrança de falta de Marquinhos. Na sequência, o próprio Marquinhos tabelou com Paulo Henrique e na hora da finalização o desvio do zagueiro ajudou o goleiro do Barueri, Márcio, a realizar boa defesa, evitando assim o primeiro gol santista.

Pouco depois, aos oito, foi a vez de Neymar quase deixar a sua marca. O atacante driblou três adversários e na hora do arremate, o desvio da zaga evitou que o camisa 7 inaugurasse o marcador.

Insistindo na pressão sobre a Abelha, o Peixe não parava de criar oportunidades para abrir o placar. Com 20 minutos, o atacante André tocou de calcanhar para Ganso, que exagerou no preciosismo, ao tentar driblar o seu marcador, dentro da área. Na sobra, André bateu com força, para grande defesa de Márcio, que espalmou a bola para fora da grande área.

Em cima do Barueri, os alvinegros mais uma vez chegaram com perigo. Aos 22, Neymar chutou para defesa parcial de Márcio, que ainda teve tempo de se recuperar e defender a finalização de André, no rebote, salvando o Barueri.

Apresentando um grande volume de jogo, o Santos desperdiçou outra grande oportunidade de abrir o placar. Aos 25, Pará tocou para André, que fez o corta-luz para Paulo Henrique. Só que o meia não soube aproveitar a chance que teve, batendo de perna esquerda, para fora.

Mas, de tanto insistir, finalmente os santistas abriram a contagem. Aos 33, o lateral Léo dominou a bola pela esquerda, fez boa jogada individual, brilhando quatro defensores, antes de chutar de perna direita para o gol. A bola bateu na trave e no rebote, livre, sem marcação, o jovem André teve apenas o trabalho de empurrar a bola para o fundo das redes: 1 a 0.

Depois de um grande primeiro tempo, a Abelha voltou com uma postura mais agressiva para a etapa complementar, tentando esboçar uma reação. Com João Vitor no lugar de Anderson, os visitantes ganharam em criatividade, incomodando um pouco mais a defesa do Peixe.

Logo aos 5 minutos, o Barueri quase chegou ao empate. Flavinho fez bom lance individual e na saída do goleiro Felipe, mandou a bola no travessão. No decorrer da jogada, o meia Carlos Eduardo ainda arriscou um chute no canto esquerdo de Felipe, que espalmou a bola para escanteio.

No entanto, apesar da Abelha tentar exercer uma pressão sobre os alvinegros, a expulsão do zagueiro Diego pôs tudo a perder. Com um a mais em campo, os santistas não deram mais chances ao seu oponente.

Aos 25, Neymar iniciou a jogada, Marquinhos tocou para trás e Wesley, da entrada da área e contando com um desvio na defesa, marcou o segundo gol do Santos. Três minutos depois, Neymar fez novamente uma jogada pelo lado esquerdo e tocou para Zé Eduardo, que fazia a sua estreia e havia acabado de entrar no lugar de André, vencer o goleiro, anotando o terceiro gol do time da Vila Belmiro. Inspirado, o atacante Neymar deixou para o final do confronto o seu show particular.

Aos 33, o jovem avante fez grande jogada, ao receber um lançamento pelo lado esquerdo, driblar o lateral Éder, deixando-o no chão, antes de mandar a bola para o fundo do gol.

Antes do final do jogo, Neymar ainda teve tempo para fazer mais um. Em cobrança de pênalti, aos 42, o garoto santista anotou o seu segundo gol na partida, definindo o placar e fazendo a alegria da torcida que compareceu a Vila Belmiro.