Navegando Posts marcados como Santiago Bernabeu

Real Madrid 2 x 0 Santos

Data: 05/09/2000, terça-feira, 16h45.
Competição: Amistoso – XXII Troféu Santiago Bernabeu
Local: Estádio Santiago Bernabeu, em Madrid, Espanha.
Público e Renda: N/D
Árbitro: García Aranda
Gols: Sávio (38-2, de pênalti) e Munitis (42-2).

REAL MADRID
César; Michel Salgado (Helguera 80′), Hierro (Karanka 58′), Iván Campo (Julio César 58´) e Roberto Carlos (Solari 46´); Celades, Makelele, Figo (McManaman 46´), Guti (Rivera 58′); Sávio e Tote (Munitis 44′).
Técnico:

SANTOS
Pitarelli; Preto (Julio César 85′), Sangaletti, Claudiomiro (Márcio Santos 72′) e Léo; Ânderson Luís, Rincón, Renato e Robert (Caio 79′); Dodô e Edmundo.
Técnico: Giba



Santos joga sem três titulares na Espanha

Sem o goleiro Carlos Germano, o lateral Michel e o meia Valdo, machucados, o Santos perdeu para o Real Madrid, em amistoso no estádio Santiago Bernabeu, em Madri (Espanha).

O jogo que colocou em disputa o Troféu Santiago Bernabeu foi a apresentação oficial da equipe da casa para o campeonato da Liga Espanhola 2000/2001, no qual o Real estreará domingo, contra o Valencia. A partida também marcou a estréia do meia português Luís Figo no time espanhol.

O técnico Giba decidiu improvisar o zagueiro Preto na lateral direita, no lugar de Michel. O substituto de Valdo será foi o volante Anderson. Sem o goleiro Carlos Germano, no gol foi mantido Pitarelli, que atuou no empate em 1 a 1 com o Cruzeiro, no último sábado.

Real Madrid e Santos se enfrentaram pela terceira vez na história dos dois clubes. Na primeira, em 1959, em Madri, o Real venceu o time de Pelé por 5 a 3. Em 1996, na despedida do meia Giovanni, o Santos ganhou por 2 a 0 na Vila Belmiro.

Pela exibição, o Santos recebeu uma cota de US$ 100 mil. Os dirigentes pretendem ainda aproveitar a viagem para sondar a possibilidade de contratar reforços. O clube procura especificamente um lateral direito. O presidente da Federação Paulista de Futebol, Eduardo José Farah, acompanha a delegação santista, como convidado.

O retorno da delegação santista está previsto para 07/09 com chegada ao Brasil na quinta-feira. Na sexta, o time treinará no CT do clube e, em seguida, viajará para Recife (PE), onde enfrentará o Santa Cruz, no sábado, pela Copa João Havelange.

O jogo

A equipe do técnico Giba foi derrotada pelo Real Madrid por 2 a 0 jogando mal e quase não teve chances de marcar. A equipe brasileira apenas se defendeu e acabou tomando dois gols no final da partida.

Edmundo, maior estrela santista, teve atuação apagada. No Real, se destacaram Figo pela direita e principalmente Roberto Carlos pela esquerda. Foram os responsáveis pelos melhores ataques do time espanhol que chegou várias vezes à área santista mas concluia errado. Contudo, nos últimos cinco minutos, o Real Madrid decidiu o jogo. Aos 42′, Makelele sofreu pênalti do zagueiro Sangaletti. Sávio cobrou e abriu o Placar. Três minutos depois, Manitis chutou forte e marcou o segundo.


Real Madrid 5 x 3 Santos

Data: 17/06/1959, quarta-feira, 19h45.
Competição: Amistoso
Local: Estádio Santiago Bernabeu, em Madrid, Espanha.
Público: 70.000 pessoas
Árbitro: Leo Horn (HOL).
Gols: Pelé (09-1), Mateus (15-1), Mateus (17-1) e Mateus (37-1); Pepe (11-2, de pênalti), Puskás (16-2), Coutinho (19-2) e Gento (38-2).

REAL MADRID (ESP)
Berasaluce; Marquitos (Atienza) e Casado; Santisteban, Santamaría e Ruiz; Francisco Gento, Mateus (Puskás), Di Stéfano, Luis del Sol e Gaínza (Julio Gento).
Técnico: Luis Carniglia

SANTOS
Carlos; Getúlio, Pavão e Dalmo; Ramiro e Zito; Dorval, Álvaro (Afonsinho), Pagão (Coutinho, 20-1), Pelé e Pepe.
Técnico: Lula



Capitulou o Santos ante o Real Madrid

O Santos era o atual campeão paulista. O Real Madrid havia conquistado dias antes a sua 4ª Taça dos Campeões Europeus (Champions League). Pelé aos 18 anos e Di Stefano aos 32. Coutinho acabara de completar 16 anos.

Um torcedor atirou uma garrafa que acertou a cabeça de Pepe, que caiu desfalecido. O autor da agressão foi preso.

A partida foi dedicada em homenagem a Miguel Muñoz, que estava encerrando sua carreira.

Real Madri continua invicto em seu campo diante de equipes brasileiras

Reforços para o Santos: Formiga e Jair viajam amanhã para Lisboa

Real Madrid confirma: Pelé interessa mesmo

Em 1959, Di Stéfano (32) e Pelé (18)

No amistoso em 1959, Di Stéfano (32) e Pelé (18)





Fontes:
Estadão
Jornal Folha de SP
– As.com