Navegando Posts marcados como Goytacaz

Santos 4 x 0 Goytacaz

Data: 02/07/1978, domingo, 16h00.
Competição: Campeonato Brasileiro – 3ª fase – Grupo Q – 1ª rodada
Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos, SP.
Público: 19.375 pagantes
Renda: Cr$ 601.410,00
Árbitro: Saul Mendes (BA).
Auxiliares: Bartolomeu Lordelo e Aquiles Veras.
Cartões amarelos: Juary (S); Folha, Silvinho e Zé Rios (G).
Gols: Pita (24-1) e Juary (35-1); Juary (34-2) e Juary (42-2).

SANTOS
Willians; Nelsinho Baptista, Fausto, Fernando e Gilberto Sorriso; Zé Carlos, Nelson Borges e Pita (Clodoaldo); Juary, Célio (Nílton Batata) e João Paulo.
Técnico: Chico Formiga

GOYTACAZ (RJ)
Jorge Luís; Tita, Paulo Marcos, Folha e Zé Rios; Wilson Bispo, Manuel (Ronaldo) e Silvinho; Zé Neto, Elmo (Coca) e Edu.
Técnico: Paulo Henrique



Na Vila, a força do novo Santos: 4 a 0

Os santistas assumem a liderança do Grupo Q, seguidos pelo Guarani.

Reservas: Paulinho, Neto, Clodoaldo, Nílton Batata e Claudinho.

Fonte: Jornal Folha de SP

Santos FC x Goytacaz FC (RJ)
Santos Futebol Clube x Goytacaz Futebol Clube


Retrospecto:

02 jogos
01 vitória
01 empate
00 derrota
04 gols pró
00 gol contra
04 saldo

Resultados:

14/12/1977 – Santos 0 x 0 Goytacaz – Brasileiro – Ary de Oliveira e Souza
02/07/1978 – Santos 4 x 0 Goytacaz – Brasileiro – Vila Belmiro


Goytacaz 0 x 0 Santos

Data: 14/12/1977, quarta-feira, 21h00.
Competição: Campeonato Brasileiro – 2ª fase – Grupo H – 4ª rodada (última)
Local: Estádio Ary de Oliveira e Souza, o Aryzão, em Campos dos Goytacazes, RJ.
Público: 11.489 pagantes
Renda: Cr$ 322.785,00
Árbitro: Édson Alcântara do Amorim (MG).
Cartões amarelos: Marcus Vinícius e Cândido (G); Fernando e De Rosis (S).
Cartão vermelho: Nílton Batata (S).

GOYTACAZ (RJ)
Augusto; Totonho, Paulo Marcos, Marcus Vinícius e Cândido; Wilson Bispo, Rogério Mineiro (Ronaldo) e Coca; Piscina, Rogério Vecosque e Edu.
Técnico: Paulo Henrique

SANTOS
Ricardo; Nelsinho Baptista, Joãozinho, Fernando e Gilberto Sorriso; Carlos Roberto, De Rosis (Bianchi) e Aílton Lira (Clodoaldo); Nilton Batata, Juary e João Paulo.
Técnico: Ramos Delgado



Em jogo difícil, Santos consegue a classificação

O Santos precisava do empate e o Goytacaz da vitória, para alcançarem a fase final.

O Santos não se classificava para a fase final do Campeonato Nacional há três anos e a torcida, euforica, comemorou na Praça da Independência.

Fontes:
Jornal Folha de SP
Estadão