Navegando Posts marcados como Demétrios

Santos 2 x 1 Palmeiras

Data: 06/08/1994, sábado, 16h00.
Competição: Copa Bandeirantes – 1ª fase – Grupo B – 6ª rodada (última)
Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos, SP.
Público: 8.061 pagantes
Renda: R$ 37.722,00
Árbitro: Oscar Roberto Godói (SP).
Gols: Cerezo (07-2), Demétrios (13-2) e Macula (22-2).

SANTOS
Edinho; Índio, Júnior, Maurício Copertino e Silva; Gallo, Cerezo e Paulinho Kobayashi; Serginho Fraldinha, Demétrios e Marcelinho Paraíba (Neizinho).
Técnico: Serginho Chulapa

PALMEIRAS
Velloso; Gil Baiano, Wagner (Fábio), Moraes e Biro; Dênis, Juary (Beto), Sorato e Freddy; Magrão e Macula.
Técnico: Miltinho (interino)



Santos derrota Palmeiras e está na final da Copa Bandeirantes

Fonte: Estadão

Vídeo indicado por Danilo Barbosa.

Atlético-MG 2 x 4 Santos

Data: 16/06/1994, quinta-feira.
Competição: Copa Dener – Final
Local: Estádio Caio Martins, Niterói, RJ.
Árbitro: Aluísio Viug (RJ)
Gols: Luciano (08-1), Ânderson (12-1), Ranielli (17-1) e Luciano (37-1); Demétrios (04-2) e Renaldo (18-2).

ATLÉTICO-MG
Percovich; Vladimir (Alessandro), Adeílson, Zezé (Edílson) e Guto; Ânderson (Lúcio Mário), Canela e Vanderlei; Renaldo, Wiver e Leandro Tavares.
Técnico: Erivelto Martins

SANTOS
Róbson; Sérgio Santos, Marcelo Fernandes, Maurício Copertino e Piá; Cerezo, Zé Renato e Ranielli (Marcelo Passos); Serginho Fraldinha (Neizinho), Demétrios e Luciano.
Técnico: Joãozinho



Créditos:
Vídeo – Wesley Miranda
Ficha técnica: Guilherme Nascimento

Guarani 1 x 3 Santos

Data: 09/06/1994, quinta-feira
Competição: Amistoso
Local: Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas, SP.
Público: 313 pagantes
Renda: CR$ 1.417.500,00
Árbitro: José Leonardo Epíscopo Rosa (SP)
Auxiliares: Wagner Selani da Silva (SP) e José Costa Vale (SP).
Gols: Amoroso (03-2), Paulinho Kobayashi (16-2), Marcelo Fernandes (25-2) e Demétrios (36-2).

GUARANI
Pitarelli; Fábio Augusto, Ronaldo, Marcelo e Robinson; Adilson (Valmir), Júlio César (Mauricinho), Robert (Paulinho) e Edu Lima; Amoroso e Clóvis.
Técnico: Levir Culpi

SANTOS
Edinho (Gilberto); Índio, Júnior, Maurício Copertino e Silva; Marcelo Fernandes, Sérgio Santos, Zé Renato (Demétrios) e Ranielli (Luciano); Macedo (Paulinho Kobayashi) e Guga (Serginho Fraldinha).
Técnico: Serginho Chulapa


Seleção de Hortolândia 1 x 7 Santos

Data: 19/05/1994, quinta-feira
Competição: Amistoso
Local: Estádio Municipal José Francisco Breda, o Tico Breda, em Hortolândia, SP.
Público e renda: N/D
Árbitro: N/D
Gols: Guga (2), Paulinho Kobayashi (2), Demétrios (2) e Serginho Fraldinha.

SEL. DE HORTOLÂNDIA
Não informado.

SANTOS
Edinho (Nando); Índio (Luciano Carlos), Júnior (Marcelo Fernandes), Maurício Copertino e Silva (Piá); Dinho, Gallo (Sérgio Santos), Ranielli (Zé Renato) e Paulinho Kobayashi (Demétrios); Macedo (Serginho Fraldinha) e Guga (Neizinho).
Técnico: Serginho Chulapa



Troféu comemorativo pelo 3º aniversário do município de Hortolândia.

Portuguesa 1 x 1 Santos

Data: 15/05/1994, domingo, 16h00.
Competição: Campeonato Paulista – 2º turno – 30ª rodada (última)
Local: Estádio do Canindé, em São Paulo, SP.
Público: 3.974 pagantes
Renda: CR$ 28.029.500,00
Árbitro: Ulisses Tavares da Silva Filho
Cartão vermelho: Jorginho (P).
Gols: Sinval (16-1) e Demétrios (45-2).

PORTUGUESA
Paulo César; Zé Carlos, Wladimir, Jorginho e Renato Martins; Simão (Marquinhos), Zé Roberto, Caio e Cuca; Maurício e Sinval (Tico).
Técnico: Cassiá

SANTOS
Edinho; Índio, Marcelo Fernandes, Maurício Copertino e Silva; Dinho, Gallo, Ranielli (Demétrios) e Paulinho Kobayashi (Zé Renato); Neizinho e Guga.
Técnico: Serginho Chulapa



Portuguesa e Santos empatam em um gol

A Portuguesa perdeu ontem à tarde, no Canindé, a chance de garantir sua vaga na Copa Bandeirantes, no empate em 1 a 1 com o Santos.

Depois de sair à frente no marcado com Sinval, aos 16min, o time foi surpreendido aos 45min do segundo tempo, com um gol do atacante Demétrios.

Os jogadores da Portuguesa reclamaram do gol, alegando impedimento e, em seguida, o juiz Ulisses Tavares da Silva encerrou o jogo. O árbitro afirmou que foi agredido.

No primeiro tempo, o Santos esteve melhor, dominou o jogo e chegou a criar pelo menos cinco grandes oportunidades de gols.

A Portuguesa, atuando em seu estádio, tinha dificuldades para jogar e não soube se impor.

Na segunda etapa, a Portuguesa encontrou seu melhor jogo e teve tudo para definir a partida. Porém, numa falha no último minuto de jogo, o Santos conseguiu o empate.

O Santos terminou o Campeonato paulista de pontos corridos na 4ª colocação, atrás do trio de ferro. O Palmeiras conquistou o bicampeonato 93-94.

Campanha: 34 PG, 30 J, 11 V, 12 E, 07 D, 37 GP, 34 GC, 03 SG e 57% de aproveitamento.



Fonte: Estadão